Novas Salomon Sense Ride 4 testadas e aprovadas por Armando Teixeira

Autor: Redação    Data: 24-05-2021
Publicado na categoria: Equipamento

Para esta temporada de primavera/verão 2021, a Salomon fez atualizações em várias das suas principais sapatilhas de trail e continua a oferecer uma solução de calçado para todos, desde novos corredores a especialistas de trail que procuram enfrentar terrenos técnicos a altas velocidades.

A primeira revelação é a versátil Sense Ride 4, a nova versão da clássica linha de enorme sucesso Sense Ride. Tão ágeis e confortáveis como as suas antecessoras, estas sapatilhas são perfeitas para corredores que procuram um calçado que pode fazer tudo numa variedade de terrenos.

Nesta edição, os responsáveis pelo desenvolvimento de calçado da Salomon redesenharam a gola do calcanhar para incluir um pouco mais de enchimento, melhorando assim a fixação do calcanhar, e foram buscar a tecnologia de amortecimento Optivibe™ ao calçado de estrada, que ajuda a tornar a sapatilha mais confortável e reativa. A espuma Optivibe™ foi projetada para absorver vibrações e diminuir a fadiga muscular sem sobrecarregar o corredor. A sola totalmente em borracha Contagrip® dá à Sense Ride 4 uma pisada confiante em qualquer terreno e o filme Profeel protege os pés de objetos pontiagudos.

Estas foram as sapatilhas que Armando Teixeira escolheu para concretizar o desafio de 24h a descer e a subir o mítico trilho de 3.700 metros, que sobe 1 Km Vertical, entre Alvoco da Serra e a Torre.

“As Sense Ride 4 foram levadas ao limite da sua conceção. A qualidade dos materiais e as respetivas proteções, diminui e muito o desgaste, mas ao mesmo tempo uma ótima proteção ao pé. No km vertical, sendo um terreno muito técnico e com grande desnível positivo e negativo, em ambas as situações deram ótima resposta, como em curtos momentos onde era possível manter corrida contínua, percebemos que é uma sapatilha que estimula a corrida e o respetivo gesto técnico: frequência e amplitude das passada. É uma sapatilha que demonstrou ser uma ajuda importante na economia da corrida, por consequência do esforço”, comentou Armando Teixeira.

Foto: DR e Paulo Nunes (capa Facebook)

X