A aventura do Triângulo está de volta

Autor: Redação    Data: 27-08-2017
Publicado em: Eventos

O Azores Trail Run® – Triangle Adventure está de volta para a sua terceira edição. No primeiro fim de semana de outubro, as ilhas do Pico, São Jorge e Faial dão a conhecer os seus segredos mais bem guardados aos trail runners que aceitam o convite para viver uma verdadeira experiência arquipelágica na natureza intacta dos Açores.

Em 2017, é possível aos atletas disputar a prova principal, correndo as três etapas, uma em cada ilha, ou, caso prefiram,escolher qualquer uma das três etapas para fazer individualmente. Destaque para o KM Vertical da Montanha do Pico, que acontece em simultâneo com a Triangle Adventure e integra o circuito mundial.

Dia 6 de Outubro de 2017 (Sexta-Feira)

DA VINHA À MONTANHA

Com 30 km de extensão que ligam o nível do mar ao ponto mais alto de Portugal – a montanha do Pico, a prova arranca na Madalena para percorrer  a Paisagem da Cultura da Vinha, Património da Humanidade. À medida que aumenta a altitude, surgem os “maroiços”, gigantescos amontoados de pedra formando magníficas esculturas, e as pastagens verdejantes, com a montanha cada vez mais perto e sempre diferente, ora mudando de cor, ora escondida pelas nuvens, ou então coberta pela neve. A meta não podia ser mais emblemática: a cratera do Pico, aos 2250m de altitude.

KM VERTICAL

No âmbito da Azores Triangle Adventure, a ilha do Pico irá também ser anfitriã da primeira prova do VKWC (Vertical Kilometer World Circuit) a acontecer nos Açores: o KM Vertical da Montanha do Pico tem 3,5 km de extensão e, claro está, uma subida de 1 km, ao topo da montanha mais alta de Portugal (2351 metros). A prova vai até aos 2260 metros, ao longo da encosta do magnífico vulcão, num percurso integrado no Parque Natural da ilha do Pico.

Dia 7 de Outubro de 2017 (Sábado)
TRAIL DAS FAJÃS

Com cerca de 30 km, a prova é uma homenagem às fajãs típicas da paisagem da ilha de São Jorge.  Inicia-se no complexo vulcânico mais antigo da ilha, em São Tomé, percorrendo algumas fajãs da costa sul. Sobe a colina para descer em direção às fajãs do norte, reconhecidas e classificadas pela presença de uma paisagem singular. Aqui integra-se a Fajã da Caldeira de Santo Cristo, um dos destinos turísticos mais procurados, principalmente pelos amantes do surf, e a Fajã dos Cubres, que constitui a meta da prova.

Dia 8 de Outubro de 2017 (Domingo)
TRAIL DOS VULCÕES

Com início no cenário lunar do Vulcão dos Capelinhos, território mais jovem de Portugal, onde é possível pisar terreno formado por cinzas, tufo e bombas vulcânicas, esta prova vai percorrer 42 km sobre 10 vulcões adormecidos,  com destaque para a Caldeira do Faial, uma das maiores e mais espetaculares caldeiras vulcânicas que existem no planeta, percorrendo o seu perímetro. Daqui desce, por caminhos antigos, até a cidade da Horta, emoldurada por uma das mais belas baías do mundo, onde vai terminar.

Fotos: Hideberto Garcia; Paulo Gabriel; Nelsón Silva