Calçado de trail running sustentável? Sim, participe no projecto Clean Run!

Autor: Redação    Data: 9-07-2018
Publicado em: Equipamento, Notícias

Trail running é amor pela natureza. Mas o calçado de corrida ainda não é capaz de acompanhar a consciência ambiental da comunidade em actividade. Icebug, Dynafit e On Running juntaram-se no Project Clean Run e contam com a sua colaboração na aceleração do desenvolvimento de calçado sustentável para trail running.

Dificilmente qualquer outro desporto combina aptidão, saúde e amor à natureza de forma tão perfeita como o trail running. Longe da agitação da cidade, os amantes da modalidade fundem-se com montanhas, prados e florestas. Por isso, é ainda mais surpreendente que essa consciência ambiental não tenha, até agora, reflexo no equipamento – especialmente no calçado.

Na busca por desempenho e conforto, a sustentabilidade fica de fora. Quanto mais abaixo da superfície da sapatilha, mais poluente ela se revela, com materiais da entressola contendo óleo mineral e produtos químicos e compostos de borracha na sola. E no que diz respeito ao calçado de alto desempenho,  os materiais pouco biodegradáveis impedem a reciclagem, tornando-os num fardo ambiental.

Por iniciativa da Icebug e do Peak Innovation, um instituto de pesquisa e desenvolvimento da indústria desportiva sueca, o Project Clean Run ganhou vida. O objectivo ambicioso: desenvolver em conjunto a sapatilha de trail running perfeita e sustentável com informações valiosas da comunidade em actividade.

Junte-se e ajude com a sua contribuição para uma iniciativa única na indústria do desporto!

“Project Clean Run é a primeira colaboração internacional entre marcas concorrentes por uma boa causa”, diz o Responsável de Qualidade da Icebug, Henrik Tuomas, visivelmente satisfeito com a estreia do sector. Para Joel Svedlund, Director de Sustentabilidade da Peak Innovation, a iniciativa com a comunidade é o único caminho para uma sapatilha de corrida sustentável: “Estes desafios são grandes demais para uma única empresa superar”.

Na primeira etapa do Project Clean Run, os corredores têm uma palavra a dar. No inquérito, eles podem explicar detalhadamente aos fabricantes o que valorizam nos equipamentos de corrida, onde a sapatilha (literalmente) aperta e como eles imaginam a simbiose perfeita de funcionalidade, conforto e sustentabilidade.

Participe no inquérito agora

“Precisamos ir onde o consumidor de hoje está”, resume Svedlund.  “Quais são as prioridades deles? Como encontramos um caminho para novas inovações que não necessariamente as tornem mais rápidas, mas sim mais conscientes? ”.

Fonte: Project Clean Run/ISPO