Pau Capell repete vitória na Transgrancanaria. Luís Fernandes conquista brilhante oitavo lugar

Autor: Redação    Data: 25-02-2018
Publicado em: Eventos

Pau Capell repetiu vitória de 2017 na prova principal da Transgrancanaria. Luís Fernandes foi o melhor português, conquistando o 8.º lugar entre a elite mundial. 

Pau Capell, atleta da The North Face, conquistou o lugar mais alto do pódio da prova do circuito mundial de Ultratrail, com 125 Km de extensão e 7500m D+. O espanhol completou o percurso em 12h42m08s, retirando  38 minutos e cinquenta e cinco segundos à sua vitoriosa marca de 2017. O pódio ficou completo com Aurelién Collet (12h56m39s), da Hoka One One, e Cristófer Clemente (13h22m48s), da Salomon.

A participar pela segunda vez na Transgrancanaria, o madeirense Luis Fernandes alcançou um brilhante 8º lugar da classificação geral absoluta (7º da sua categoria – M30).  O atleta do Ludens Clube de Machico e embaixador da Madeira Ocean Trails (MOT) fez grande parte da fase nocturna da prova entre o 14º e o 16º lugar, mas com uma fase final de grande nível, recuperou várias posições terminando a prova com o tempo oficial de 14h33m35s, no 8º lugar entre a elite mundial.

Leonardo Diogo, do Clube Aventura da Madeira, também esteve em plano de destaque, ao vencer categoricamente o seu escalão (M50), conquistando ainda o 18.º lugar na classificação geral da prova. Com este resultado, o atleta madeirense foi o segundo melhor português e afirma-se como o melhor do Mundo na sua categoria.

No sector feminino, Magdalena Laczak , atleta da Salomon Poland, venceu com o tempo de 15h18m37s. Andrea Huser , da Pro Sport Sigriswil, e Ekaterina Mityaeva, da Adidas Terrex completaram o pódio. Lucinda Sousa, atleta da Prozis Xtrail Team equipped by Berg,  foi a melhor portuguesa, concluiu a prova 16.º lugar da geral feminina, com o tempo de 18h48m06s.

Hélio Fumo e Inês Marques em destaque na Advanced Transgrancanaria

O português Hélio Fumo, atleta da Compressport Internacional e membro da equipa Runners do Demo, terminou em segundo lugar a Advanced Transgrancanaria (64 km/ 3200m D+), com o tempo de 5h09m31s.  O espanhol Pablo Villa González venceu com o registo de 5h07m04s, tornando-se Campeão de Espanha de Trail.

Na prova feminina, Mónica Vives conquistou o primeiro lugar do pódio e o título de Campeã de Espanha, com o tempo de 6h15m33s. A portuguesa Inês Marques, atleta da Compressport Internacional, protagonizou um brilhante quinto lugar (6h22m37s).

José Manuel Mota foi o melhor português na Transgrancanaria 360º 

José Manuel Mota, da equipa “Os Matrecos”, foi 20º na Transgrancanaria 360º (68h35m53s), prova ganha por Peter Kinzl, atleta da Dynafit, que completou os 269 km em 46h35m57s.

Cláudia Guerreiro em 124º lugar da geral na Marathón

A prova Marathón foi ganha pelo alemão Janosch Kowalczyk, da equipa Adidas Terrex  (2h51m16) e pela italiana Silvia Rampazzo (3h12m50s).  Cláudia Guerreiro (04h25m04s), da Algarve Trail Running, foi a primeira portuguesa a cortar a meta, terminando no 124.º lugar da classificação geral.

Fotos: Transgrancanaria (1;3) ;DR (2;4;5)