ZOELAE TRAIL colocou Bragança no mapa do trail-running

Autor: Redação    Data: 21-08-2017
Publicado em: Eventos
A 1ª edição do  ZOELAE TRAIL, que teve lugar no dia 13 de Agosto, em Bragança, constituiu uma autêntica viagem à era pré-romana. Com organização Município de Bragança, o evento esteve integrado no programa da “Festa da História”.

Nesta primeira edição, as provas decorreram na Serra de Nogueira, local onde existe a maior mancha espontânea de carvalho negral da Europa. Este território foi em tempos ocupado por um povo pré-romano – os ZOELAE. Embora a sua origem seja desconhecida, vários autores apontam os ZOELAE como um dos mais antigos grupos étnicos da Península Ibérica.

A edição inaugural do evento foi constituída por duas provas e uma caminhada: ZOELAE TRAIL Longo (25km), ZOELAE TRAIL Curto (17km) e ZOELAE Caminhada.

O mosteiro beneditino do Castro de Avelãs, monumento nacional, foi o local de partida para as duas provas e caminhada. A  meta estava instalada no Castelo de Bragança, local muito animado pela festividades que ai decorriam.

Até à meta, instalada no Castelo de Bragança, os participantes passaram pela Torre Velha, local apontado como tendo sido a capital dos Zoelae, e percorreram a maior mancha espontânea de carvalho negral da Europa situada na Serra da Nogueira.

Pedro Rodrigues (Académico Mogadouro) foi o grande vencedor da prova longa com o tempo de 1 hora e 52 minutos. No sector feminino, a vitória coube à brigantina Lucinda Moreiras (Amigos do Campo Redondo) com o registo de 2 horas e 8 minutos.
Na prova curta, os vencedores foram David Quelhas (Coimbra Trail-Running) e Mónica Moreiras (Amigos do Campo Redondo).

Embora Bragança não faça parte dos roteiros habituais dos praticantes de trail-running, a 1ª edição deste evento foi um sucesso, tendo contado com aproximadamente 400 participantes.

Foram duas provas com desníveis positivos de 400 e 800 metros e muito rolantes, o que não assustou os menos habituados à modalidade e fez as delícias das “lebres” da estrada.

Os embaixadores David Quelhas, Sandra Cabral, Mariana Machado Ballester e José Faria constituíram uma das apostas da organização na promoção do evento. No final, foram unânimes nos elogios ao evento, à organização, ao percurso e a outros detalhes como os abastecimentos e as marcações.

A entrega dos originais prémios foi antecedida por um almoço volante que promoveu um intenso convívio entre os participantes.  E porque se comemorava o 30º aniversário do Ginásio Clube de Bragança, ainda houve lugar a bolo e champagne.

Até 2018!

Resultados completos em: http://www.2tinc.com/eventos
Fotos: Município de Bragança