ARCh MAX apoia trail nacional

Autor: Redação    Data: 4-07-2019
Publicado em: Equipamento, Notícias
Na edição de 2018 do Ultra Trail Mont Blanc, a ARCh MAX estabeleceu-se como a marca minimalista de escolha para aqueles corredores que apostam em mochilas de hidratação ultraleves e resistentes ou cintos porta-objectos ARCh MAX Belt, que proporcionam um conforto excepcional durante a prática do trail running. As meias técnicas também se tornaram um ícone para minimizar o risco de lesões graças à reconhecida e bem-sucedida tecnologia ARChFIT.

Corredores de classe mundial como Pau Capell, Tom Evans, Marcin Swierc, Luis Alberto Hernando e Laia Cañes, aumentaram o currículo desta marca de Barcelona.

A ARCh MAX começou como fabricante de meias desportivas destinadas a prevenir lesões. Hoje está presente em 14 países, oferecendo uma ampla gama de equipamentos desportivos. O laboratório de design e produção de equipamentos desportivos funcionais e avant-garde acaba de alargar a sua gama de produtos, com o lançamento de camisolas e blusões à prova de vento e à prova de água.

Apoio a atletas portugueses

A marca espanhola acaba de anunciar o seu interesse pelo mercado nacional, onde se começa a sentir, cada vez mais, a sua presença. Numa óptica de afirmação e de apoio aos “actores” da modalidade, a ARCh MAX equipa já três atletas nacionais:

Bárbara Fernandes, 37 anos, atleta do Montanha Clube Trail Running/EFAPEL, campeã nacional de SkyMarathon em 2016 e 2018 e atleta da selecção nacional de SkyRunning em 2017 e 2018.

Marilisa Fernandes, 32 anos, atleta do Clube de Atletismo do Funchal (CAFH), vencedora do Circuito Trail Madeira 2017/18 – vertente Trail Longo e uma das referências do seu escalão de competição.

José Faria, 33 anos, barcelense, campeão nacional de Trail Ultra-Endurance 2016 com a equipa EDV-Viana Trail, é uma referência entre os amantes de longas distâncias. Conhecido pela sua regularidade e resistência, tem um amplo currículo, onde podemos destacar o 3º lugar obtido nas provas 100 milhas (160K) do Oh Meu Deus (2017), PT281+ (2017) e ALUT 300K (2017), bem como o 1º lugar na Travessia Integral da Serra Montemuro 110K (2019).

A marca está também a estudar o apoio a equipas e alguns eventos de trail running nacionais.

Colaboração com a ADIDAS TERREX Global Trailrunning Team 

Este ano, a marca de Barcelona chegou a um acordo de colaboração com a equipa ADIDAS TERREX Trailrunning. A ARCh MAX aplicará a sua tecnologia no design de vários modelos de mochilas de hidratação e cintos porta-objectos (ARCh MAX® Belt) com o objectivo de fornecer o melhor produto para qualquer tipo de corrida e treino da equipa da ADIDAS TERREX Global Trailrunning.

Atletas como o duas vezes vencedor da Western States,  Timothy Olson, o tri-campeão mundial, Luis Alberto Hernando, o vencedor do CCC do Ultra-Trail do Mont-Blanc, Tom Evans e jovens promessas como Sheila Avilés e Yngvild Kaspersen, passaram a correr com mochilas e e cintos porta-objectos com tecnologia e design da ARCh MAX.

Sempre apostámos na melhoria contínua dos nossos produtos e mantivemos a produção em Espanha para ter um controle de qualidade mais exaustivo

Jordi Martí, CEO da marca espanhola, diz: “Apesar de sermos uma marca jovem, temos vindo a incorporar valor acrescentado em produtos para algumas das maiores marcas desportivas do mundo. Neste sentido, com a ADIDAS TERREX, abrimos uma nova etapa cheia de novas possibilidades e sinergias”.

Uma aposta vencedora no trail running feminino 

A equipa Arch Max Female, composta por Roser Español, Sílvia Puigarnau e Alba Xandri  ficou em terceiro lugar no Adidas Infinite Trails Wold Championships, um evento internacional de revezamento disputado no último sábado, em Gastein, na Áustria, com representantes de mais de 40 países. A equipa completou os 125 quilómetros em 17 horas e 15 minutos.

Fotos:  1,2 (José Faria – Riaño Trail Run); 3,4 (Adidas Infinite Trails)