Ester Alves ganha pelo terceiro ano consecutivo a Maratona da Ultra Sierra Nevada

Autor: Redação    Data: 19-07-2018
Publicado em: Eventos

A portuguesa Ester Alves, atleta da Salomon Suunto Portugal, venceu pelo terceiro ano consecutivo a Maratona da Ultra Sierra Nevada. Este ano, com mais de 400 corredores inscritos e a mais concorrida de sempre, a atleta retirou nove minutos ao seu tempo do ano passado, apesar do vento forte e do calor.

A prova partiu sábado, dia 14 de julho às 7 da manhã, da povoação de Quentar. Ester precisou de 05h02’14, para completar os 40 quilómetros com 2730 metros de desnível positivo e 1450 metros de desnível negativo.

Ester considera esta prova marcante pelas subidas acentuadas e quase ausência de descidas. A atleta lusa seguiu até metade da prova em 2.º lugar sem conseguir aproximar-se da atleta da região Nieves Lopes Martin, mas quando as subidas se tornaram mais intensas, a sua força e resistência demolidoras, permitiram a ultrapassagem, deixando Nieves para trás e a 16 minutos quando cortou a meta em Pradollano. “Há provas marcantes e esta é uma delas, sou muito bem recebida em Sierra Nevada e o público é super motivador. Este ano a juntar ao calor veio o vento que dificultou ainda mais, mas felizmente consegui superar todas as adversidades”

No sector masculino, o domínio pertenceu ao quatro vezes vencedor do Tour da Espanha, Roberto Heras. Conhecedor de Sierra Nevada desde o seu tempo como ciclista profissional, Roberto necessitou apenas de 3 horas e 52 minutos para completar os 40 quilómetros da prova.  Roberto Juan Martínez cruzou a linha de chegada com mais 20 minutos, seguido por Adolfo Mariscal, com mais 2 minutos.

Miguel Heras repete vitória na prova principal

Miguel Heras, atleta da Salomon repetiu a vitória na Ultra Sierra Nevada, estabelecendo um novo recorde da prova, ao completando os 100 quilómetros entre Granada e a estância de esqui (10.000 metros de altitude acumulada) em 12 horas e 6 minutos. O segundo classificado, Agustín Luján, ficou a mais de 20 minutos.

Na competição feminina, a polaca Magdalena Laczak dominou do início ao fim, tendo batido em quase uma hora o recorde anterior da prova. O novo recorde ficou agora fixado em 14 horas e 36 minutos.

Victor Pimentel e Dominique Van Mechgelen foram os grandes vencedores da prova Trail – 62k

Victor Pimentel venceu com apenas dois minutos de diferença sobre Alejandro Alejandro Ardanaz. Francisco Mendoza foi terceiro.

Na categoria feminina, a belga Dominique Van Mechgelen venceu com uma vantagem de mais de meia hora em relação à segunda classificada, a espanhola Sonia Escuriola. Em terceiro lugar ficou Sonia Mundina.

Ester Alves a caminho do Tibete

Ester Alves tem estado um pouco afastada da competição, pois este é um ano de foco noutros projectos como o pós doutoramento em biologia molecular ou a Run Treino, um projecto que reúne atletas, psicólogos, nutricionistas, e fisioterapeutas e visa realizar avaliações físicas muito completas apoiando assim desportistas de todos os níveis. A par deste projectos Ester Alves tem vindo a preparar-se para a ascensão ao SHISHAPANGMA (8027m) no Tibete no próximo mês de novembro, aquele que a atleta da Salomon Suunto Portugal considera o Projecto de 2018.

Fotos: Diego Winitzky