Hannes Namberger e Hillary Allen venceram a 12.ª edição do MIUT

Autor: Redação    Data: 22-11-2021
Publicado na categoria: Eventos

O MIUT – Madeira Island Ultra Trail regressou após o cancelamento da edição de 2020 e o adiamento da edição de 2021, de abril para novembro. O evento madeirense, cuja prova principal integra o UTWT – Ultra Trail World Tour, contou com 1.356 inscritos dos quais 797 eram portugueses, sendo os restantes 559 oriundos de 41 países.

A 12.ª edição do evento estava inicialmente marcada para 17 de abril, após ter sido cancelada em 2020, devido à proibição da realização de eventos desportivos estipulada pelo Governo Regional madeirense como medida de contenção do vírus covid-19.

Esta edição “fora de época” teve um número inferior de participantes, dado que muitos atletas diferiram a inscrição para 2022 e outros não viajaram, dada a atual situação sanitária global. No entanto, esta edição do MIUT registou um interesse acrescido em todas as distâncias, por via da participação de vários atletas de elite nas várias provas. Destacamos a presença de 13 atletas da equipa da Adidas Terrex, que disputaram várias distâncias, conquistando vitórias e lugares nos respectivos pódios.

Hannes Namberger e Hillary Allen foram os reis da 12.ª edição do MIUT

A prova rainha, com os seus 115 quilómetros e 7.100 metros de desnível positivo, propõe a total travessia da ilha da Madeira no sentido noroeste-sudeste, desde Porto Moniz até Machico, percorrendo os melhores trilhos da ilha, nomeadamente o maciço central – Encumeada – Pico Ruivo (1861 mts) – Pico do Areeiro, materializando o  sonho de qualquer  amante da modalidade.

Hannes Namberger, atleta alemão da Dynafit, foi o grande vencedor, tendo ligado o Porto Moniz a Machico, num percurso de 115 quilómetros, com o tempo de 14h00m36s. O russo Dimitry Mityaev da Adidas Terrex, equipa que trouxe 13 atletas ao evento, ficou a mais de 40 minutos do vencedor. Jean-Philippe Tschumi, atleta suiço da Hoka, completou o pódio, com cerca de 14h50m de prova.Na disputa feminina, Hillary Allen, atleta norte-americana da The North Face, venceu categoricamente, com o tempo de 17h18m26s. A norueguesa Kirsten Amundsgaard e a russa Ekateryna Mityaeva, atletas da Dynafit e da Adidas Terrex, respetivamente, fecharam o pódio.

Joel Pinto e Maria Abreu foram os atletas lusos mais velozes

O melhor atleta luso foi Joel Pinto, da equipa Marco Trail, com o 13.º lugar da classificação geral e a marca de 16h53m27s. No sector feminino, Maria Abreu, a representar o Clube Desportivo e Cultural do Porto Moniz, foi a mais veloz das 3 portuguesas, tendo cruzado a meta após 21h46m17s de prova.

A Trail-Running.pt é parceira do MIUT desde 2016, tendo nesta edição colaborado também no Guia Oficial.

A próxima edição do MIUT vai realizar-se a 23 de abril de 2022. As inscrições devem abrir a meio do mês de dezembro.

Todas as classificações aqui.

Fotos: Mário Pereira

X