Ultra Sanabria Caja Rural com sotaque português

Autor: Redação    Data: 11-10-2018
Publicado em: Eventos

A segunda edição da prova por etapas, Ultra Sanabria Caja Rural, terminou este Domingo, depois de três dias de Trail Running em contacto com a natureza no incrível Parque Natural do Lago Sanabria.

O evento que decorreu na província de Zamora, contou com cerca de quatro centenas de participantes oriundos de toda a Península Ibérica, dos quais 30% eram portugueses. Todos tiveram oportunidade de descobrir locais de grande beleza natural, como o próprio Lago de Sanábria, a Laguna dos Peixes, o Cânion Tera, a Forcadura e o mosteiro cisterciense de San Martín de Castañeda, monumento histórico-artístico nacional desde 1931.

Atletas espanhóis dominaram a prova Ultra

Na distância Ultra, os atletas espanhóis Pablo Villa e Aroa Sío, ganharam no Domingo a última etapa de 33 quilómetros, tal como tinham acontecido nas duas anteriores e garantiram a vitória final. Os dois corredores concluíram a prova com a camisa azul dos líderes desta distância de 110km e 6 mil metros de desnível positivo, realizados ao longo das 3 etapas.

Nestes 110km, entre os homens foram dois os portugueses nos 10 primeiros da geral : Pedro Barros foi o 6º e Pedro Rocha fechou os 10 primeiros. Nas mulheres, tivemos 6 representantes, que terminaram entre as 11 primeiras da geral. Com três quartos lugares em igual número de etapas, Tânia Bateira foi a 4º da geral, seguindo-se Blandine Craveiro, Maria Martins, Anabela Jorge, Mariana Ballester e Flor Madureira.

Lucinda Moreira foi a mais rápida nos 62km e Luís Semedo disputou o primeiro lugar até à última etapa

No Gran Trail de 62km por etapas, Lucinda Moreiras foi  “dona e senhora” da primeira posição, ao vencer destacada todas as etapas. As outras portuguesas nesta distância estiveram também em bom plano : Tuxa Negri foi a 4ª da geral e Ana Martins a 6ª.

Entre os homens, existiu a disputa mais emocionando pela vitória final, com a luta entre o português Luís Semedo e o jovem Espanhol Alvaro Gil. O atleta de Portalegre, Luís Semedo, partiu para a última etapa de 33km com uma vantagem de apenas 10 segundos mas acabou por perder a primeira posição para a jovem promessa espanhola. A segunda posição final do atleta Nacional, acabou por mostrar o seu bom momento de forma em mais uma participação internacional.

Lucinda Sousa não deu hipótese à concorrência na distância da Maratona

Na Maratona realizada por etapas, Lucinda Sousa não deu hipótese à concorrência, vencendo todas as etapas e vestindo a camisola de líder desde o primeiro dia. Na segunda posição, terminou a atleta espanhola Maria Diez e Sara Santos Silva foi a 6ª da geral.

Paulo Costa vence Gran Premio Caja Rural, Cláudia Moreira foi terceira e no Gran Premio Diputación de Zamora três portugueses no pódio

No Sábado teve lugar o Gran Prémio Caja Rural, disputado num só dia e com a distância de 20km. Paulo Costa foi o vencedor entre os homens e a sua colega de equipa na Associação Desportiva de Amarante, Claudia Moreira, foi a 3ª entre as mulheres.

No Domingo realizou-se a outra prova de um só dia, o Gran Premio Diputación de Zamora com 33km. Também nesta prova os portugueses estiveram em destaque, com a segunda posição de Fernando Figueiredo e a quarta de Abílio Ribeiro, entre os homens. Nas mulheres, quatro das cinco primeiras classificadas foram portuguesas, sendo Judite Sousa a 2ª e seguindo-se Carla Angueira, Sara Brandão e Isabel Martins.

Portuguesa Berg Outdoor entre os principais patrocinadores

Esta segunda edição da Ultra Sanabria foi realizada na região de Zamora, com o apoio da Berg Outdoor, Garbanzos de Fuentesaúco, Red Eléctrica Española y La Pedriza.

Em 2019 há mais!

O evento regressa em 2019 para a sua terceira edição, novamente a cerca de 30km da fronteira com Portugal, permitindo aos atletas lusos terem uma forte presença em terras de “Nuestros hermanos”.

Fotos: DR; Arte Deportiva; Diego de La Iglésia

X