4ª edição do Ecotrail Funchal – Madeira foi épica

Autor: Redação    Data: 30-10-2018
Publicado em: Eventos, Race Report

A 4ª edição do Ecotrail Funchal – Madeira, sétima e penúltima etapa do circuito Ecotrail de 2018, realizou-se sábado, 27 de outubro.  O evento decorreu dentro da beleza natural da ilha da Madeira, ao longo de levadas e caminhos, terminando os últimos quilómetros na marginal do Funchal.

O Ecotrail Funchal – Madeira é considerado o Ecotrail mais duro do mundo e um desafio único que conjuga cidade, mar e montanha. Este ano, o evento decorreu debaixo de chuvas intensas e fortes ventos, condições adversas que o tornaram verdadeiramente épico.

O evento incluiu uma corrida de 80 km (D+ 5200) para os mais exigentes; uma de 40 km (D+ 3200) para os atletas que se querem aventurar em desafios de um nível superior; uma corrida de 25 km (D+ 1.200), para quem não dispensa um obstáculo de montanha; e, por fim, a mais pequena, em plena malha urbana, uma corrida de 15 km (D+ 300) para todos aqueles que gostam de superar as suas dificuldades.

Com este leque de distâncias, o Ecotrail Funchal – Madeira foi de encontro aos diferentes graus de exigência dos cerca de 500 participantes de 18 nacionalidades.

A partida para a grande prova foi dada às 6 horas da manhã de sábado, na Avenida Arriaga.  A prova dos 40 km teve a partida às 7h30 horas da manhã na zona do Encontro, em São Roque.  A partida para a corrida dos 25 km foi às 9 horas da manhã, na zona serrana da freguesia de Santo António.  Por último, a prova mais pequena teve início no Pico dos Barcelos, às 11 horas da manhã.

Todas as provas terminaram na placa central da Avenida Arriaga, onde estava instalada a meta.

Américo Caldeira e Nádia Meroni foram os grandes vencedores da prova rainha

Américo Caldeira, atleta do Clube de Atletismo do Funchal, foi o grande vencedor da prova de 80 km, tendo  completado o exigente percurso em nove horas, 49 minutos e 32 segundos.

Nádia Meroni, atleta do Clube Aventura da Madeira e única mulher a desafiar os 80 km,  cruzou a meta após 17 horas, 34 minutos e 10 segundos de prova.

Bruno Dantas e Morin Olivier vencem ex-aequo e Alice Sousa foi a mais veloz nos 40km

Bruno Dantas, atleta da ATLAFA, venceu ex-aequo com o francês Morin Olivier, tendo ambos cruzado a meta com o registo de 4 horas e 47 minutos.

No sector feminino, Alice Sousa, atleta da Madeira Trail Team, venceu com o tempo de 6 horas, 10 minutos e 49 segundos.

Flávio Vieira e Lúcia Franco foram os mais rápidos nos 25 km

Flávio Vieira, atleta do Clube Desportivo e Cultural do Porto Moniz, garantiu o lugar mais alto do pódio, ao com completar os 25 km em duas horas, 33 minutos e 58 segundos.

Lúcia Franco, atleta da Associação Desportiva Galomar, venceu destacadamente a categoria feminina, com o tempo de 2 horas, 58 minutos e 35 segundos.

António Gonçalves e Luísa Freitas venceram a prova mais curta

António Gonçalves foi o homem mais rápido, tendo completado os 15 km em 1 hora, 10 minutos e 36 segundos.

Luísa Freitas, atleta do Grupo Desportivo do Estreito, foi a mulher mais rápida, cruzando a meta com a marca de 1 hora, 18 minutos e 20 segundos.

Classificações em :  https://apus.uma.pt/trail/#/event/75/181/results/final

Aponte já na sua agenda a data da próxima edição: 26 de outubro 2019.

Foto: Diário de Notícias da Madeira