Edição recordista do Ultra Sanabria com sotaque português

Autor: Redação    Data: 25-10-2021
Publicado na categoria: Eventos

O Ultra Sanabria Caja Rural encerrou a sua quinta edição no dia 17 de outubro com um recorde. Fê-lo em termos dos tempos dos vencedores, mas também em termos de participação e mesmo em termos de meios de comunicação, turismo e economia.

O evento no Parque Natural do Lago Sanabria e Alta Sanabria, na província de Zamora, acolheu cerca de um milhar de participantes. O evento foi marcado pela estreia da prova GLACIAR de Sanabria, que prolongou o percurso durante seis dias, de terça-feira a domingo; e pelo duelo titânico entre Manuel Merillas e Miguel Ángel Heras.
Merillas repetiu a sua vitória na Ultra, e apesar de não ter “um bom punhado de rivais” – como na edição de 2020 – um foi suficiente para ele, com Miguel Ángel Heras, teve de se esforçar muito para voltar a ser o rei do “Lago Selvagem”. “Foi uma prova dura, e muito disputada até quase ao último metro”, assegurou Manuel Merillas. O venezuelano Samuel Dávila completou o pódio na categoria Ultra, de 110 quilómetros e 6.000 metros de desnível positivo.

No sector feminino, Oihana Kortazar, dominou completamente, vencendo as três etapas. As portuguesas Inês Marques e Mariana Machado completaram o pódio.

Na categoria de duplas, a vitória foi para Navarrese Oier Goñi e Íñigo Macias; enquanto na categoria mista, venceram Emilio Alonso e Sonia López.Bruno Coelho e Carla Junquera vencem GLACIAR

A edição de 2021 do Ultra Sanabria fica marcada pela estreia do formato por etapas da prova GLACIAR. Seis dias que coroaram o português Bruno Coelho e a espanhola Carla Junquera.

Apesar dos ataques de Víctor del Águila, Bruno Coelho saiu vitorioso após 212 quilómetros e mais de 10.000 metros de desnível positivo. A prova levou a Ultra Sanabria às cidades de Lubián, Hermisende e Porto de Sanabria. Bruno Coelho foi acompanhado no pódio por Víctor del Águila e Iván Sangiao.

Em duplas, o título de campeão foi para o duo formado por Pablo Criado e Julián Morcillo; enquanto na categoria mista, a vitória foi para Gerard Morales e Manu Vilaseca.

Carla Junquera foi seguida no pódio por Maigua Toledo, que se tornou finalista numa das provas mais exigentes da Península Ibérica.
António Martínez e Verónica Sánchez vencem Gran Trail. Rubén Veloso é segundo.

Antonio Martínez brilhou na modalidade Gran Trail. Foi seguido no pódio pelo português Rubén Veloso e David López Castán.

Na categoria feminina, a vitória foi para Verónica Sánchez. O segundo lugar foi para Patricia Álvarez, enquanto que o terceiro lugar foi para Aida Campos.

Jaime Romo e Leticia Pérez reis da Maratón

Na Maratón, Jaime Romo foi o vencedor absoluto. O segundo lugar foi para Javier Fernández e o terceiro lugar para Óscar Basantes.

A emoção esteve presente na disputa feminina, com a vitória a caber a Leticia Pérez. O segundo lugar foi para Elena Nogueras  e o terceiro lugar para Inés Font.

Javier Fernández e Luna Sala venceram o Gran Premio Caja Rural. No Gran Premio Diputación, a vitória foi para Alejandra Seoane da Galiza e Paulo Monteiro de Portugal.

Todas as classificações em: https://empa-t.com/resultados/sanabria/2021/index.html

Fotos: DELA Foto; Matias Novo; Arte Deportivo

X