Ultra Sanabria por etapas regressa nos dias 11, 12 e 13 de Outubro

Autor: Redação    Data: 3-01-2019
Publicado em: Eventos

O Ultra Sanabria por etapas (ULSA) regressa para a sua terceira edição nos dias 11, 12 e 13 de Outubro de 2019. O evento zamorano, realizado a menos de 30km da fronteira com Portugal, apresentou a edição de 2019 no Porto, mostrando a grande ligação que existe com Portugal.

Com a presença dos embaixadores portugueses, Lucinda Sousa e Pedro Rocha, e o atleta internacional espanhol, Santiago Mesquita, o Ultra Sanabria apresentou na emblemática Torre dos Clérigos, a aventura de três dias que volta pela terceira vez ao lago selvagem.

O evento realizado no Parque Natural do Lago de Sanabria volta a ter 3 distâncias distintas “de modo a permitir a participação de qualquer atleta independentemente da sua preparação”, como explicou o director da ULSA, Antonio del Pozo. Desta forma, o evento volta a contar com três distâncias distintas, divididas por três etapas em igual número de dias, realizadas em volta do “lago mágico”:

Ultra – 110 km e 6.000 metros de desnível positivo;
Grand Trail – 62 km e 3.009 metros de desnível positivo;
Maratona – 42 km e 2500 metros de desnível positivo.

Para os atletas que pretendem participar em apenas um dia, o evento vai voltar a contar com duas provas de um só dia.

“Algumas etapas podem sofrer pequenas alterações comparativamente com 2018 mas o evento irá manter toda a base de terreno e paisagens”, indicou Del Pozo. Nos próximos meses serão revelados mais detalhes sobre o evento.

O evento mais português de Espanha

A Ultra Sanabria por etapas e a Transfronteriza, são eventos organizados na região de Zamora e com uma importante participação de atletas Portugueses, dados os laços existentes entre a província e o país luso.

Na última edição, 30% dos participantes foram portugueses, destacando-se as vitórias de Lucinda Sousa e Lucinda Moreira, assim como o segundo lugar de Luís Semedo.

O Ultra Sanabria por etapas  tem ganho destaque no calendário de Trail Running e Corridas de Montanha, também devido às muitas semelhanças com uma grande volta de ciclismo, com a atribuição de camisolas em cada etapa e por ser realizada num ambiente natural privilegiado.

Com a atribuição de camisolas para os líderes da classificação geral, montanha, descida ou o primeiro corredor zamorano, a edição de 2018 do ULSA teve imagens que ficaram na memória de todos. Os kms percorridos nas margens do Lago Sanabria, a prova nocturna com final na Laguna dos Peixes ou a incrível subida ao Pico Vizcodillo com mais de 2.000 metros de altitude, foram outros dos atractivos da segunda edição.

Nas próximas semanas serão divulgados mais detalhes sobre a edição de 2019, assim como a data de abertura das inscrições para as diferentes provas.

Fotos:  Artedeportivo.com